5 dicas para colocar gestão de merchandising em prática.

O visual da loja é importante, mas aspectos além dos sensoriais e de decoração também podem colaborar para que o ponto de venda seja atraente e propício para o fechamento da compra.

No caso dos seus produtos, o que pode estimular o consumo? Respondendo a essa pergunta, este conteúdo traz 5 orientações para acertar na gestão de merchandising: veja quais são elas e estabeleça seu diferencial competitivo!

1. Defina e estude o público-alvo

Quem faz gestão nunca pode dispensar uma boa pesquisa de mercado. Principalmente as empresas que atuam no varejo precisam dar uma atenção especial ao público-alvo do negócio. Quem é o consumidor ideal para os produtos que você vende?

Trace um perfil de quem são essas pessoas, definindo as informações básicas: qual é a idade dessa persona, qual é a classe social, qual região frequenta, qual “dor” o produto oferecido pode curar, em quais canais ela busca informação, o que chama atenção dela etc.

Coletando dados sobre seus costumes, é possível buscar proximidade. Assim, a loja vai soar atraente porque no planejamento, as ações foram feitas, de fato, especialmente para esse consumidor.

e-book-impulsionar-vendas-loja

2. Conheça o mercado e faça benchmarking

O benchmarking nada mais é do que buscar referências de sucesso no mercado. Se engana quem pensa que ficar por dentro do que a concorrência está fazendo é errado, você precisa sim se informar sobre o as melhores práticas, a fim de implantá-las em sua loja.

Quais são os cases de sucesso da área na qual sua empresa atua? Busque saber mais sobre as políticas adotadas e quais caminhos esses negócios percorrem para alcançar tais resultados. Assim, você ganha autoridade e oferecer a melhor experiência ao cliente.

3. Planeje e use os gatilhos mentais

É certo que a decoração da loja influencia muito, bem como as vitrines e sinalizações. Sendo assim, aproveite esses recursos para ativar gatilhos mentais nos consumidores. A ideia é que você induza alguns sensos a apontarem para a compra.

Um gatilho mental muito usado é o de “escassez”. Frases como “as primeiras 10 pessoas”, “as últimas 15 peças”, “em promoção apenas hoje” etc., dão a sensação de que é preciso aproveitar aquela chance no exato momento, indicando urgência.

Explore outras vertentes

Embora esse seja o mais conhecido, há outros métodos que podem ser usados. Um deles — busque conhecer os outros — é o da reciprocidade. Esse gatilho funciona como um elogio: você o recebe e a tendência é devolvê-lo para a pessoa que o fez.

No caso da loja, o vendedor oferece algo valioso (uma amostra grátis, uma informação importante, uma condição especial ou até mesmo a própria experiência de ser bem atendido) e o cliente se sente na “obrigação” de fazer algo em troca.

4. Aplique testes A/B para afirmar a estratégia

Você tem uma ideia de captação de clientes em mente? Antes de colocá-la em prática para valer, faça uma boa pesquisa sobre a tendência de resultados e aplique testes para medir se rendeu bons frutos ou não.

A pesquisa pode ser feita diretamente perguntando aos consumidores e os testes aplicados em pequena escala. Se você pesquisou e acha que oferecer um novo produto, layout ou ponto vai agregar sucesso à sua loja, por exemplo, faça uma “amostra” da ação.

Teste mais de uma modalidade. Assim, a gestão de merchandising é muito mais positiva, já que você tem bases sólidas para tomar as melhores decisões. Basta mensurar os resultados, concluindo assim se é positivo aplicar aquilo em grande escala ou não.

5. Use a tecnologia para organizar processos e analisar resultados

Para obter essas análises com mais dinâmica e agilidade, o uso de um software moderno é indispensável. O ideal é que você conte com tecnologia especializada no seu negócio.

No caso do varejo, poder lançar as informações e as ter agrupadas de maneira inteligente, é uma forma de manter o controle e se planejar para ações estratégicas.

Ao decidir por uma ferramenta inteligente, tanto a gestão de merchandising quanto a fidelização dos clientes são otimizadas. Coloque essas dicas em prática e prepare sua marca para expansão.

E por falar nisso, veja qual a importância do marketing para o sucesso do relacionamento com o cliente.

Confira as principais tendências do Mercado de Varejo neste vídeo produzido pela Hiper:

Diretor Comercial da Hiper