Como cobrar dívidas dos seus clientes?

O maior temor de muitos comerciantes, gerentes e colaboradores de qualquer empreendimento pode ser resumido em apenas uma palavra: inadimplência. Segundo informações do site Agência Brasil, houve um aumento em dezembro de 2014, em relação ao mesmo período de 2013, de 3,45% de consumidores com contas atrasadas. Estes dados, que fazem parte de um indicador do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), apontam que 38% da população brasileira começou o ano de 2015 com o nome negativado.

E para fugir de situações como essas, que só prejudicam os empreendimentos, o que deve ser feito? Como cobrar dívidas dos clientes? Para responder a estas perguntas e saber o que fazer em momentos como estes, leia o que separamos para você!

 

Download Gratuito: Planilha para controle financeiro

 

Tenha um rigoroso controle de seu fluxo de caixa

O primeiro passo para cobrar dívidas dos clientes é saber quem são os devedores e há quanto tempo eles estão em débito com a sua empresa. Este controle é importante para que o problema seja resolvido rapidamente, pois quanto antes você detectar a inadimplência e contatar o devedor, maiores serão as chances de que a organização receba os valores. Tal agilidade é importante também para não desgastar a relação entre consumidor e fornecedor.

Para que este problema não aconteça na sua empresa, faça um rigoroso controle de tudo aquilo que ela tem a receber (e a pagar também, porque não?). No mercado, existem ótimos e práticos softwares de gestão financeira para pequenas empresas que permitirão a você monitorar todos os vencimentos e a realizar ações de prevenção e redução de calotes.

Envie um lembrete

Assim que você constatar que um cliente está em dívida, faça um primeiro contato de forma a lembra-lo do atraso, de maneira bem sutil, para que ele não se sinta constrangido. Este lembrete poderá ser feito por meio de uma mensagem telefônica, e-mail, carta, gravação de áudio, etc. O importante é que o tom seja ameno e que a informação sobre a identificação do débito seja transmitida.

Faça a cobrança de maneira pessoal

Se o lembrete não foi suficiente para que o cliente pagasse suas dívidas, é chegada a hora de você realizar um contato mais pessoal com ele. Nestes casos, a ligação telefônica é a ação mais indicada. Ao telefonar para o devedor, mantenha um tom compreensivo e cordial. Mostre que você entende que eventualidades acontecem e que por isso mesmo está entrando em contato para uma nova negociação. Ofereça opções de pagamento e jamais desligue o telefone sem que novos prazos e valores tenham sido acordados. É importante também que você não fale sobre o débito com outra pessoa que não seja o devedor. Isso evita situações constrangedoras, que podem prejudicar um novo acordo.

Fique atento aos prazos

A partir de 10 dias de atraso, você já poderá entrar em contato com seu cliente para pedir os valores por ele devidos. Cobrar dívidas exige do profissional que executará a atividade muito jogo de cintura e traquejo para que a situação seja resolvida rapidamente e de maneira a beneficiar a todos os envolvidos. Lembre-se sempre: cordialidade e respeito devem ser primordiais em uma abordagem delicada como esta. Portanto, seja incisivo sem jamais soar ríspido ou mal educado.

E você, já passou por uma situação como esta, de ter que cobrar dívidas dos clientes? Conte-nos sua experiência enviando-nos um comentário.

 

TESTE GRÁTIS: Sistema para Emitir Nota Fiscal

Conheça o Hiper, um sistema para gestão, vendas e controle de estoque que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite um teste grátis.

Sistema para documentos fiscais