Como definir preço dos produtos e serviços?

Como definir preço

Você está com dificuldades de definir o preço dos seus produtos e serviços? Encontrar o preço ideal que lhe trará lucratividade e ao mesmo tempo será bem aceito pelos clientes é uma tarefa difícil e exige a análise de diversos fatores.

Deve-se levar em consideração principalmente o custo/valor real do produto e o preço que seus concorrentes estão praticando.

Nós podemos ajudar com esse impasse! Aprenda como encontrar o preço certo para seus produtos e serviços agora, analisando os fatores certos.

 

Precificação quanto ao produto

O preço de produto ou serviço começa a ser formado ao levar em consideração os seguintes pontos:

  • Custo do Produto: corresponde ao valor gasto com matéria-prima e insumos. Faça perguntas como: Quanto foi gasto com a compra de produtos/materiais para desenvolver/prestar o serviço ou produto?
  • Gastos Fixos: os gatos fixos se referem às despesas administrativas, funcionários, aluguel e demais gastos ocupacionais.
  • Custos Variáveis: enquadram-se nessa categoria os impostos, embalagens, comissões e custos que podem sofrer variações mês a mês.
  • Percentual de Lucro: qual é o lucro pretendido? Estime tanto em valor quanto em porcentagem, por exemplo, quanto deseja ganhar mensalmente? Qual é o valor percentual que pretende ter de lucro em cada produto?

Observando os pontos citados, forme o preço. O valor precisa cobrir todos os custos narrados e ao mesmo tempo apresentar a lucratividade estabelecida.

Outro fator que precisa ser levado em consideração no momento de fixar o preço de produtos ou serviços é quanto o consumidor estará disposto pagar. De nada adiantará você trabalhar seu preço e ter uma boa lucratividade se o consumidor não aceitar pagá-lo.

 

Preço dos produtos e serviços dos concorrentes

Após você fazer a precificação inicial dos seus produtos/serviços o valor cobrado pelos concorrentes servirá como norteador. Caso o seu preço esteja abaixo dos praticados no mercado você terá a opção de aumentá-los e obter uma lucratividade maior ou tornar o preço um diferencial, tentando conseguir a atenção dos consumidores.

Contudo, supondo que o preço do produto esteja acima da média dos concorrentes você tem duas opções: encontrar diferenciais que justifiquem você cobrar mais ou reestruturar o seu sistema para diminuir o preço, seja através de redução de custos ou uma baixa na lucratividade almejada.

Todo o produto ou serviço com preço acima da média praticada no mercado sofre com dificuldades de se tornar bem aceito frente ao público-alvo, por isso os diferenciais têm de ser realmente justificáveis, podendo ser referentes ao atendimento, entrega, poder da marca, satisfação no mercado e etc.

Fazer uso de um sistema de gestão pode facilitar a organização e reduzir os gastos do negócio, consequentemente, permitindo que o preço tenha uma leve diminuição.

 

Oferta e demanda incidente na precificação

Oferta e demanda são os fatores que movimentam a economia e sua incidência no preço é visível. Quanto maior a demanda por um produto e menor a oferta, melhor será aceita a precificação por parte dos consumidores.

Faça uma pesquisa de mercado e analise a demanda pelo seu produto/serviço. A oferta é suficiente para suprir toda a demanda? Estes pontos devem ser levados em consideração ao se formar o preço, principalmente se deseja aumentá-los. Agora você está pronto para formar o preço ideal para dos seus produtos/serviço, que tal começar?

 

TESTE GRÁTIS: Sistema para Emitir Nota Fiscal

Conheça o Hiper, um sistema para gestão, vendas e controle de estoque que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite um teste grátis.

Sistema para documentos fiscais