Controle de loja – dicas e cuidados básicos com a loja

Controle de loja

Uma boa gestão determina o sucesso de uma loja. A direção de um estabelecimento deve se preocupar com alguns aspectos no controle de loja que permitem o alcance dos resultados esperados. Vamos sugerir aqui alguns cuidados que devem ser observados em uma loja e que poderão contribuir com o melhor desempenho de suas atividades.

Antes de aplicar os princípios de controle de loja que iremos abordar nesse artigo, o gestor deverá fazer um trabalho de avaliação do estado de sua loja, reconhecendo suas que a loja tem como vantagens ou desvantagens em relação aos seus concorrentes. Dessa forma, os pontos fortes poderão ser mais bem aproveitados e as debilidades serão desenvolvidas.

Leia atentamente as orientações abaixo, aplique-as na rotina da sua loja e observe a melhora em seus resultados.

 

Dicas e cuidados básicos para o controle de loja

 

1 – Saiba como anda o seu estoque

Uma boa gestão de loja é caracterizada por um excelente controle do estoque. O importante é que o gerente não atente apenas para a questão da conferência numérica em si, mas que tenha uma visão mais ampla da importância do seu estoque, projetando a quantidade de peças com as vendas esperadas na temporada. É importante ter um sistema que permita controlar a entrada e saída das mercadorias e que ainda emita relatórios analíticos para apuração dos artigos de maior e menor demanda.

 

 

2 – Invista em seu pessoal

Nenhuma equipe é tão boa que não possa melhorar. Treinamento aqui é a palavra-chave. A satisfação do cliente passa pelo bom atendimento, o que só pode ser conseguido quando investimos na capacitação de nossos colaboradores. Observe individualmente cada funcionário e elabore um programa de treinamento que atenda às necessidades específicas do seu grupo. O treinamento poderá ser realizado por setor, de acordo com a natureza da atividade desenvolvida.

 

3 – Entenda e aprimore o layout da sua loja

O desenho da sua loja deve privilegiar o fluxo dos clientes e o andamento do processo de compra. Para exemplificar, vamos tomar como base uma loja de roupas. O local onde as mercadorias estão dispostas deve estar próximo aos provadores. Após a decisão pela compra, o cliente deverá se dirigir ao caixa, que, além de ser um local de fácil acesso, deverá ter observado em seus critérios a questão da segurança.

 

4 – Tenha uma atenção especial com a sua vitrine

A vitrine de uma loja é o seu cartão de visitas. É o que liga o interior da loja com o mundo lá fora. A maneira como os produtos são expostos na vitrine pode atrair os clientes ao seu estabelecimento. Por essa e outras razões, é preciso que seja feito um trabalho de excelência nas vitrines. Lembre-se, por exemplo, de que as peças colocadas na vitrine são as primeiras a serem procuradas pela clientela, portanto, não adianta colocar uma mercadoria que não esteja em bom número no estoque.

 

5 – Atente para os aspectos legais de sua loja

Lembre-se de que sua loja deve ter autorização para funcionar e que todos os documentos que respaldam seu funcionamento devem estar à disposição no local. Não queira resolver todo o controle de loja sozinho: busque a ajuda de um bom escritório de contabilidade para não correr riscos. Uma dica básica é não permitir que nenhum empregado inicie suas atividades sem que esteja devidamente registrado, sob o risco de levar uma multa pesada do Ministério do Trabalho.

 

 

TESTE GRÁTIS: Sistema para Gestão de Lojas

Conheça o Hiper, um sistema para gestão, vendas e controle de estoque que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite um teste grátis.

Sistema para gestão de lojas