Criar identidade visual para loja

Como criar a identidade visual de uma loja

Você já ouviu falar sobre identidade visual? É assim que é chamado o conjunto de elementos como a logo, as cores, as publicações, seu espaço físico e tudo mais o que você utiliza para representar a sua marca para os clientes. Ou seja, ao criar a identidade visual de uma loja, você ajuda o seu público a reconhecer e se identificar com o seu negócio.

Uma identidade visual bem estruturada deve passar, por meio de elementos, tipografia e cores, os valores de sua empresa de forma clara e resumida.

Sabemos que essa pode não ser uma tarefa fácil, mas separamos abaixo 5 etapas para você seguir e deixar o processo mais simples. Vamos lá?

 

1. Monte um resumo do que você quer

O resumo, também conhecido na publicidade como briefing, é um primeiro passo para você colocar suas ideias no papel. É importante que nesse documento você responda o máximo de perguntas sobre o seu negócio. Essa etapa ajuda a definir pontos importantes na hora de criar a identidade visual da sua loja.

Possíveis perguntas:Resumo para identidade visual

  • Qual o seu produto/serviço principal?
  • Quais são os seus diferenciais?
  • Como você quer ser conhecido?
  • Qual o seu público? (faixa etária, gênero, classe social, o que ele gosta)
  • Quais palavras definem a sua empresa?
  • O que você acredita que não representa a sua empresa? (estilos, cores, imagens)

Viu alguma referência que gostou? Adicione no seu resumo. Quanto mais ideias, melhor! Ao ir respondendo as perguntas, você vai vendo quais elementos se encaixam ou não com o que você quer para o seu negócio. Neste momento, o Pinterest pode ser um grande aliado, crie pastas e selecione as melhores ideias.

 

2. Reúna a sua equipe, clientes ou amigos para opinar

Aqui também trazemos um nome complicado da publicidade: brainstorming. O que isso quer dizer? Em tradução livre: “tempestade de ideias”. O brainstorming é um modelo de reunião, onde todos os envolvidos levam e debatem suas ideias. Na hora de criar ou modificar uma identidade visual, essa tática pode ajudar muito para entender a visão de todos os envolvidos sobre o seu negócio.

Nesse momento, é importante que não existam preconceitos ou prejulgamentos sobre as ideias — afinal, todas são válidas. É importante que esteja bem claro para todos os participantes os objetivos definidos lá no seu resumo e as possíveis soluções já pensadas.

Se você já possui uma loja, convide sua equipe de funcionários e até mesmo os clientes para participar do processo. Caso esteja começando algo novo, convide amigos, familiares ou os profissionais que estejam ajudando você nesse processo.

 

Guia das redes sociais

 

3. Defina os elementos, as cores e as fontes

Você já entendeu melhor a sua empresa, o seu público e já trocou ideias com outras pessoas sobre esse desafio. Então é hora de começar a montar esse quebra-cabeça!

Sabe todas aquelas referências que você reuniu lá trás? Quais ainda fazem sentido?

Identidade visual para pequenos negóciosCartela de cores: quais tons combinam com a sua loja? Aqui vale ver também, o significado dessas cores e quais são as cores complementares, para que tenha harmonia. Nem todas as cores da cartela precisam estar na sua logo, você pode criar paletas para o espaço físico, loja online ou redes sociais. Mas é importante que elas conversem entre sim e tenham sempre cores que se mantenham em todos os lugares, para o seu público criar essa conexão.

Fontes (formato das letras): a fonte escolhida pode deixar a sua identidade mais formal, moderna ou divertida. É importante utilizar uma fonte que tenha uma boa leitura, ou seja, que seja fácil identificar a palavra que está escrita. O poder de uma boa fonte é tão grande, que muitas vezes ela sozinha vira a logo da loja. Ou então, marca tanto uma empresa, que mesmo quando não está escrito o nome da marca, você a identifica de primeira. Bons exemplos são a Coca-cola e a Disney.

Elementos: Os elementos são o “algo a mais”. Além de definir cor e fonte, você gostaria de uma ilustração, um desenho simples ou algum símbolo da sua identidade? Esses elementos também não precisam estar na logo principal, mas podem aparecer no ponto de venda ou nas redes sociais.

 

4. Se possível, procure um profissional

Se você tem condições, o indicado é sempre buscar por um profissional qualificado. Ele vai saber transformar todas as ideias que você reuniu, na identidade visual da sua loja.

Neste caso, você pode buscar por um designer gráfico ou por uma agência de publicidade. Esses profissionais contam com os equipamentos e ferramentas, além de conhecimento, que facilitam o desenvolvimento de artes e identidades. Você pode buscar por esse profissional na sua cidade ou também na internet, existem diversos sites para contratação de profissionais.

Caso essa opção não caiba no seu orçamento, você pode desenvolver a sua identidade usando ferramentas simplificadas, como o Canva. Nessa plataforma, você pode alterar as artes de forma intuitiva para criar novos modelos de logo, posts em redes sociais, apresentações, enfim, uma infinidade de peças. O único ponto para atentar-se é que por ser uma ferramenta aberta, outras empresas podem usar os mesmos modelos que você.

 

5. Teste as possibilidades

Com dúvida ou não, o indicado é fazer, pelo menos, mais uma opção de logotipo e testar a sua aplicação em todos os tipos de materiais que você irá utilizar — como cartões de visita, fachada da loja, redes sociais, por exemplo.

É importante decidir pela opção que melhor funcionou e combinou mais com os objetivos descritos lá na etapa 1. Verifique sempre se os textos possuem uma boa leitura, um contraste adequado de cores e se eles realmente trazem a identidade da sua loja.

Agora é com você. Desejamos sucesso nesta nova etapa do seu negócio!

Experimente grátis!

Conheça um sistema para gestão e vendas que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite um teste grátis.

Ops! A Hiper não atende o segmento selecionado. Mas não se preocupe, o grupo Linx tem soluções para seu segmento de negócio.Clique aqui e confira!
Carta