O que um bom software de gestão deve oferecer ao varejo?

Sistema de vendas na sua loja

O varejo brasileiro é um dos segmentos da economia mais consolidados. Um dos trunfos dos empresários varejistas é a utilização inteligente da tecnologia para fazer frente à competitividade do mercado. Mas afinal, como deve ser um bom software para a gestão de comércio varejista?

A seguir, veja algumas características indispensáveis que você deve considerar na hora de adquirir um software para o seu negócio.

 

Aplicações no Ponto de Venda (PDV)

Ferramentas que auxiliem o comerciante a agilizar o atendimento na frente de caixa, diminuindo filas e proporcionando mais comodidade ao cliente, são essenciais. O consumidor, cada vez mais exigente, sempre dará preferência ao bom atendimento, especialmente se a tecnologia lhe proporcionar uma melhor experiência de compra. Por isso, aplicativos que agilizem pagamento e liberação da nota fiscal são ótimas características em um sistema para o varejo.

Controle inteligente de estoque

Nunca se falou tanto em controle de estoques. Equilibrar a quantidade certa de mercadorias, observando estrategicamente quais devem ser vendidas e prever a reposição, é um grande dilema para as empresas varejistas. Para este desafio, as soluções que oferecem uma gestão inteligente de controle de estoque são grandes diferenciais, que auxiliam para a maximização dos resultados.

Download Gratuito: Planilha para controle de estoque

 

Gestão de remuneração variável

Um dos fatores que mais contribuem para o sucesso de um negócio varejista é a eficiência em vendas. E boas vendas só acontecem com bons vendedores. Por isso, cada vez mais, as empresas estão preocupadas com o acompanhamento do desempenho de seus profissionais de vendas.

Softwares que automatizam a gestão da remuneração variável fazem toda a diferença, pois oferecem uma visão estratégica e contribuem para a motivação da equipe. Com eles, em poucos cliques, é possível analisar o potencial de cada vendedor e, com relatórios precisos, melhor gerir a força de vendas.

Gestão de resultados

Controlar entradas e saídas, dando uma visão panorâmica de contas a pagar e receber, tributação e plano financeiro (fluxo de caixa, conciliação bancária, entre outros) também é uma característica que deve ser considerada na hora de escolher um software para o varejo.

Gestão de documentos eletrônicos

É importante estar em dia com as obrigações tributárias. Esta é uma tarefa diária das empresas, especialmente no Brasil, que tem um dos mais complexos sistemas de tributação do mundo. Um bom software de gestão para o comércio varejista deve facilitar a emissão de cupons fiscais e notas fiscais eletrônicas.

Gestão de controladoria

O envio mensal de informações sobre vendas e a movimentação financeira da empresa não dão dores de cabeça quando se tem um bom sistema. Uma boa solução para gestão de varejo também precisa abranger a geração de arquivos fiscais (SPED).

 

Quer saber mais sobre gestão de lojas?

Preencha seu e-mail e receba conteúdos exclusivo sobre gestão de lojas: