Pokémon Go: uma poderosa ferramenta de marketing

A mais recente febre mundial entre os aplicativos para smartphones é o Pokémon Go. Após 20 anos do início da série, que incluiu jogos, animes e filmes, a franquia da Nintendo inovou ao levar os monstrinhos de bolso para a realidade aumentada. E o jogo, que já era aguardado com enorme expectativa pelos fãs, passou a ser visto como um meio interessante para as marcas criarem novas oportunidades de negócio.

Por isso, nesse post, falaremos um pouco mais sobre como esse aplicativo funciona, seus números e, o mais importante, como atrair clientes e gerar mais vendas usando o marketing no Pokémon Go. Continue lendo!

 

O que é e como funciona o game?

O Pokémon Go é um jogo de realidade aumentada da Nintendo, desenvolvido em parceria com a Niantic, Inc., que usa os sistemas de GPS dos usuários para determinar a localização dos pokémons e fazer com que os treinadores (como os usuários também são denominados no game) se movimentem pelo seu bairro ou pela cidade para capturar os monstrinhos.

A realidade aumentada é vista na prática, quando o usuário, assim que encontra um Pokémon ao seu redor, pode usar a câmera do seu celular para ver uma representação virtual do Pokémon interagindo com os objetos reais em sua volta. Assim, é possível capturar esses monstrinhos e vê-los no seu quarto, no quintal, na rua, em pontos de ônibus, shoppings, campos e muitas outras localizações.

O jogo está disponível gratuitamente na Google Play Store e na Apple Store desde o dia 5 de julho, quando foi lançado nos Estados Unidos. Desde então, o app passou a ser disponibilizado em outras regiões globais, como na Europa, Ásia e, mais recentemente, na América Latina.

O objetivo de quem joga é capturar a maior quantidade e variedade possíveis entre os 151 Pokémons disponíveis até o momento — ao longo dos 20 anos de franquia, o número cresceu para 720 Pokémons, mas que ainda não foram agregados ao app, o que pode acontecer em futuras atualizações.

Além disso, os jogadores podem evoluir seus níveis à medida que captura mais Pokémons e domina os ginásios, que normalmente estão localizados em pontos de interesse nas cidades onde o jogo já foi lançado. Assim também é com os PokéStops — locais estratégicos na cidade em que os treinadores podem receber prêmios para usar no game.

 

Números de Pokémon Go

Bem, após a sua apresentação, vale mostrar como esse aplicativo se tornou um fenômeno com tão pouco tempo de lançamento. Acompanhe alguns números:

  • O blog Sensor Tower estima que o jogo já teve 75 milhões de instalações em todo o mundo, e que apenas em 19 dias, alcançou a marca de 50 milhões de downloads. Esse último número coloca Pokémon Go como o game mobile recordista em romper a barreira dos 50 milhões mais rápido.
  • O mesmo blog também apontou que os usuários dos Estados Unidos, no primeiro domingo após o lançamento do jogo, dia 11 de julho, passaram mais tempo diariamente jogando Pokémon Go do que acessando o seu Facebook ou Snapchat, por exemplo. O tempo médio diário para o game, segundo a pesquisa, era de 33 minutos e 25 segundos. O Facebook, segundo colocado, ficou atrás por mais de 10 minutos (22m 08s/dia).
  • De acordo com o G1, as ações da Nintendo na bolsa de Tóquio chegaram a dobrar, com uma alta de 120%, após duas semanas do lançamento de Pokémon Go.

Esses dados nos ajudam a ter uma dimensão que o jogo tomou nesse último mês e como ele pode crescer ainda mais nos próximos meses e anos.

 

Como fazer marketing no Pokémon Go?

Agora vamos ao que interessa. Como o jogo é muito recente e ele inova na maneira como as pessoas interagem com a tecnologia e com o mundo, as estratégias de marketing e de vendas deverão se adaptar a esse cenário. Mas como?

Entre as maneiras de atrair mais clientes para a sua loja, você poderá usar elementos do jogo, atender às demandas dos jogadores e saber usar a sua localização estrategicamente. Vamos entender melhor tudo isso.

O primeiro passo, assim como em qualquer outra estratégia de marketing, é planejar suas ações. Fazer análises de ambiente e definir o público-alvo, o orçamento, as metas e os objetivos de negócios são etapas necessárias a se cumprir, pois tentar aproveitar da moda do jogo sem o mínimo de preparo pode gerar mais prejuízos do que lucros à sua empresa.

O segundo passo é criar a sua própria conta no app — não só por diversão, mas para entender todo o mecanismo do game.

É importante ressaltar que o público de Pokémon Go é composto, em grande parte, por pessoas que cresceram junto com o sucesso da franquia, além dos jovens que o estão conhecendo agora e embarcando nessa onda. Portanto, é um grupo massivo de pessoas (e, porque não, consumidores?) que variam desde crianças e pré-adolescentes até adultos já na casa dos seus 30, 35 anos.

Dito isso, é importante ficar de olho nas seguintes dicas para fazer bons negócios com os usuários de Pokémon Go:

 

Analise a sua localização

Esse é um detalhe muito relevante, porque o game tende a privilegiar os locais com maior movimentação de pessoas para implementar os PokéStops e os Ginásios. Logo, você deve conferir no seu mapa do jogo se existem essas locações próximas à sua loja ou se o seu estabelecimento teve a sorte de ser um PokéStop.

O que você deve ter em mente é que, quanto mais remota for a localização da sua loja, menores serão as chances de sucesso com as estratégias baseadas no Pokémon Go. Os centros das cidades, os parques, os shoppings e outras áreas com grande concentração de pessoas são mais propícios para se inserir ações relacionadas ao jogo.

 

Use os “Lures”

Os Lures são itens do jogo que funcionam como módulos de atração compartilhados. Eles atraem pokémons de todos os usuários que estiverem conectados no entorno dos locais em que são ativados. Aplicar esse recurso na sua loja não atrairá apenas os monstrinhos de bolso, mas também os clientes ávidos por capturá-los.

A consequência será um aumento no fluxo de consumidores na sua loja, o que poderá acarretar no aumento das vendas e na entrega de uma experiência de compra diferenciada.

Vale lembrar que o efeito dos Lures dura apenas meia hora, portanto, é mais interessante divulgar o seu uso em ações relâmpago para os seus potenciais e atuais clientes mais próximos.

 

Aproveite ações de outras marcas

É importante ficar de olho nas estratégias que outras lojas próximas da sua podem realizar com base no jogo — principalmente se ambos os estabelecimentos estiverem no mesmo shopping. Quando uma marca consegue atrair muitos visitantes em função da descoberta de um Pokémon raro nos arredores ou dentro do seu PDV, é o momento de você agir para criar ações promocionais que também chamem a atenção desses jogadores.

 

Faça recargas de bateria

Visto que os jogadores costumam passar mais tempo jogando Pokémon Go que no Facebook, por exemplo, é normal que o consumo de bateria seja alto. Logo, um atrativo a mais para a sua loja é oferecer pontos de recarga para que os usuários possam continuar jogando e conhecendo as suas ofertas.

Pokémon Go já é o maior sucesso entre os games para smartphones de 2016, e o jogo não mudará apenas a forma como as pessoas se relacionam e se movimentam na cidade, mas também a maneira como as marcas aproveitarão a experiência do jogo (realidade aumentada + a essência da franquia) para conquistar mais fãs e clientes.

De qualquer modo, é uma grande ferramenta de marketing, pois movimenta os impulsos de milhões de consumidores no mundo.

 

Quer saber mais sobre vendas?

Preencha seu e-mail e receba conteúdos exclusivos para vender mais na sua loja: