Por negócios mais felizes!

Olá, sou o Tiago Vailati, um dos fundadores e CEO da Hiper.

Há muito tempo tenho sido abordado para contar um pouco da jornada da Hiper. Considero que estamos apenas no fim do começo de uma das melhores aventuras da minha vida.

O pontapé inicial da Hiper foi em 7 de fevereiro de 2012, o dia em que emitimos nossa primeira nota fiscal. Esse é o nosso marco inicial, afinal de contas, se você não tem clientes, você não tem uma empresa ainda. É uma data especial, que continua ganhando mais importância a cada novo passo dado.

Mas, a história começa um pouco antes, durante o ano de 2010. Já conhecia o Marcos e o Marinho, meus sócios e grandes parceiros nesta jornada. Trabalhamos juntos por mais de 10 anos numa grande rede de varejo, chamada Havan.

Ter sócios é algo fundamental quando você quer fazer algo que impacte, você não consegue fazer algo grande sozinho. Para mim, o principal elemento para a relação entre sócios dar certo é ter um bom histórico profissional juntos, que era o nosso caso. Mas isso é assunto para outro momento.

Por comandar o time de software da Havan durante anos, uma empresa ousada, pioneira e muito bem vista no mercado, tínhamos conquistado uma boa reputação e um vasto conhecimento. Éramos intra-empreendedores fiéis, fazíamos daquele negócio o nosso projeto de vida.

Depois de muito viver e aprender sobre o varejo, notamos uma nascente onda de mudanças na automação para o comércio e achamos que havia chegado a hora de empreender. O varejo é apaixonante. Decidimos levar — e desmistificar — a tecnologia para o pequeno empreendedor.

Nem de longe imaginávamos o que estava por vir.

Criamos um software para gestão de lojas, com foco total nos pequenos negócios, a base da pirâmide das empresas de comércio, que até então nunca havia sido bem servida. Os softwares de gestão começam pequenos, atendendo aos pequenos, e vão aumentando, ganhando mais penduricalhos e ficando quadradões e caros demais para o pequeno negócio. Sem um posicionamento, vão mudando seu público-alvo.

Não tínhamos sacado nenhuma grande disrupção e não há problema algum nisso. Existe muita falácia no mundo das startups. Todo dia nasce um novo candidato a se tornar o próximo unicórnio. Tem muita embalagem bonita com conteúdo pobre. O que falta para muitos negócios é alma.

A Hiper nasceu com um propósito nobre, que vai além de fazer software. Não queremos ser mais uma empresa de tecnologia, assumimos um compromisso com o pequeno empreendedor, ligado diretamente com tornar a gestão mais simples e gerar negócios mais felizes. Essa se tornou a nossa bandeira.

Queremos ajudar os pequenos empreendedores de varejo a terem mais chance de alcançar o tão sonhado sucesso em seus negócios. Em um pequeno negócio, na maioria das vezes, a família trabalha junta, o que faz dele a sua principal fonte de renda. Se o negócio vai mal, a vida da família vai mal. Resumimos isso em “gerar felicidade” e felicidade tem a ver com fazer o que ama e estar em paz consigo mesmo, mesmo com todas as adversidades da vida.

No fim do nosso primeiro ano, em 2012, tínhamos conquistados os primeiros 250 clientes. No ano seguinte já havíamos ultrapassado a marca de 1.000 clientes. Triplicamos de tamanho em 2014 e continuamos ganhando altitude numa velocidade muito interessante, superando os 10.000 clientes em 2017.

Parte do time Hiper no evento Hiperadores, realizado em 2018

Hoje, 7 anos depois, estamos chegando a marca de 15.000 clientes em aproximadamente 2.000 cidades do Brasil. Queremos superar os 20.000 clientes em 2019.

Fico feliz pelo impacto que temos causado e por termos nos mantido fieis às nossas raízes, ao nosso propósito. Não há empresa perfeita, mas criamos uma empresa com alma, feita por gente feliz. Isso faz toda a diferença se você pensar que boa parte da sua vida vai ser dedicada ao seu trabalho.

Sou grato por trabalhar com gente muito boa, a nossa tribo. Hoje somos 115 pessoas e o que me realiza é ver o quão singular é o que essa tribo está construindo. Criamos uma cultura forte que orienta nosso jeito de ser. Concluo isso a cada feedback que recebemos relatando a diferença que fizemos nas vidas de nossos clientes e parceiros de negócio.

Durante os primeiros 7 anos de vida já atravessamos muitas fases, das mais agradáveis às mais desafiadoras. Queremos estar a cada dia mais presentes no mundo dos pequenos empreendedores, cumprindo o nosso papel — o nosso propósito. Por isso, não paramos de pensar em como fazer nosso trabalho todo dia 1% melhor, sem medo de ir além do normal, fazer diferente e fazer bem feito.

Por negócios mais felizes.
Para cima, com alma e sem calma, pois quanto mais alta a montanha, melhor a vista!