Qual a diferença entre rentabilidade e lucratividade?

Rentabilidade e Lucratividade

Rentabilidade e lucratividade são termos bastante comuns no dia a dia de um negócio. Você sabe como diferenciá-los?

Neste artigo, vou explicar as particularidades de cada uma dessas palavras e como elas estão conectadas para você realizar uma boa análise financeira da sua loja. Afinal, é necessário estratégia e precisão, para investir no seu negócio. E quanto mais conceitos e indicadores você conseguir observar, melhores serão os resultados.

Continue lendo!

 

Rentabilidade e lucratividade: qual a diferença?

Rentabilidade e lucratividade são dois indicadores financeiros que auxiliam o empresário a compreender se o negócio está garantindo bons resultados. 

É com essas informações, que o gestor consegue tomar decisões. Seja para corrigir problemas, caso o resultado seja negativo. Ou para ampliar os ganhos, caso seja positivo.

Abaixo você conhece mais sobre cada um deles e saiba como calcular.

 

Lucratividade

Saiba se o negócio é capaz de cobrir os gastos e gerar lucro

 

A lucratividade é um indicador em forma de porcentagem que representa o quanto de lucro sua loja gera em cima do valor das vendas após a dedução de impostos e de outras despesas. 

Ela diz respeito à eficiência operacional de uma empresa, possibilitando saber se o negócio é capaz de cobrir seus gastos e ainda gerar lucro. Por meio do cálculo da lucratividade, você pode tomar decisões em relação às vendas. 

Se o negócio é sazonal, por exemplo, é preciso garantir margens maiores para que a empresa possa funcionar bem nos meses de menor movimentação. Além disso, por ser um valor percentual, pode ser comparado aos resultados de outras empresas do seu setor de atuação.

A fórmula utilizada para calcular a lucratividade é a seguinte:

Lucratividade = (lucro líquido / receita total) x 100

O lucro líquido é o que sobra das receitas após a subtração de custos fixos, despesas variáveis e impostos. Se esse resultado é negativo, você tem prejuízo, e não lucro. Já a receita total é aquilo que a empresa ganha. No caso de lojas, geralmente resulta diretamente das vendas.

Para ficar mais claro, vamos ao exemplo:

Se você vende roupas, no preço de venda está incluso o custo do material, a mão de obra e os impostos. O lucro líquido de cada peça será o valor da roupa menos todos esses itens. A receita total, por sua vez, será a quantidade de roupas vendidas multiplicada pelo valor de venda.

Se você possui lucro líquido de R$ 1.000 e receita total de R$ 5.000 em determinado mês, seu índice de lucratividade será de 20%. Isso significa que cada real investido na empresa resulta em 20 centavos de retorno. Ou seja, você tem lucro, e não prejuízo.

 

Guia gestão financeira eficiente

 

Rentabilidade

Saiba quanto de retorno sobre o investimento o seu negócio gera

A rentabilidade indica a parcela de retorno de determinado investimento feito no negócio. Esse indicador também é calculado em percentual. Avaliar a rentabilidade de uma empresa é fundamental para saber quanto custa para abri-la e se essa decisão vale a pena.

Para calcular a rentabilidade, a fórmula é:

Rentabilidade = (lucro líquido / investimento total) x 100

Você já sabe como encontrar o lucro líquido. Já o investimento total é o quanto foi aplicado no negócio, ou seja, os custos para montar o estabelecimento e mantê-lo funcionando ou para criar uma nova linha de produtos, por exemplo.

Se você investiu 20 mil reais para abrir a empresa e o lucro líquido mensal é de R$ 2.000, sua rentabilidade será de 10%. Com esse valor em mãos, você pode comparar o retorno do negócio com outros tipos de investimento, como poupança ou ações, e verificar em qual deles os ganhos serão maiores e mais vantajosos.

Também é interessante calcular em quanto tempo você terá de volta o valor investido na abertura do negócio. Assim você pode se preparar para o período no qual a empresa ainda não estará se sustentando sozinha e verificar se vale a pena. Se o período for longo demais, o investimento pode ser arriscado.

A fórmula para calcular o prazo de retorno do investimento é:

Prazo de retorno = investimento total / lucro líquido

Usando os mesmos valores do exemplo anterior, com 20 mil reais investidos dividido pelo lucro líquido de R$ 2.000, o prazo de retorno do investimento para abrir a empresa seria de 10 meses.

 

Planilha para Planejamento Financeiro

 

Como lucratividade e rentabilidade se relacionam?

Rentabilidade e lucratividade são dois conceitos que devem sempre estar juntos, afinal, a manutenção financeira de uma loja ou empresa depende da análise combinada desses dois indicadores. 

Um negócio rentável mas não lucrativo pode não se manter no longo prazo, por exemplo.

Por outro lado, negócios sazonais, que têm mais lucratividade em determinados períodos, podem precisar de mais investimento nos momentos de menor movimento, mas o lucro obtido nos meses de mais movimento pode compensar esse valor.

Outro exemplo são negócios nem tão rentáveis no início do seu funcionamento. Se a lucratividade for alta, o investimento pode ser recuperado mais rapidamente. Já os negócios com menor lucratividade e alta rentabilidade podem ter investimentos para reduzir custos, o que vai impactar no aumento do lucro posteriormente.

Outro ponto que deve ser levado em consideração na correlação entre os indicadores rentabilidade e lucratividade é a precificação de produtos: estabelecer a conexão entre cada um desses índices é indispensável, por exemplo, na hora de identificar quais são os produtos mais rentáveis do empreendimento e firmar uma boa estratégia de preços.

Já deu para perceber que apenas ter uma boa ideia não é o suficiente para o sucesso no mundo empresarial, não é mesmo? 

Para alcançar bons resultados é preciso bem mais que isso: tanto microempreendedores individuais, que estão começando a colocar suas ideias em prática, quanto aqueles que já estão com o seu negócio a pleno vapor precisam estar antenados a importantes conceitos para manter o seu negócio funcionando a contento.

 

Qual é a importância da gestão e do conhecimento desses indicadores para o negócio?

Rentabilidade e lucratividade se relacionam com os resultados financeiros da sua loja. Conhecer e analisar esses e outros indicadores é fundamental para saber se a empresa é sustentável ou não e tomar decisões que possam mudar cenários de acordo com o que se deseja. 

Neste caso, um software de gestão pode ajudar. Com ele, por exemplo, você reconhece quais produtos que estão parados no estoque prejudicam a rentabilidade da sua empresa. Ou então, percebe que o lucro com as vendas não está de acordo com o esperado. Assim, pode planejar ações para impulsionar as vendas e se livrar do estoque que está preso.

 

Agora que você conhece a diferença entre rentabilidade e lucratividade e sabe da importância desses indicadores para o planejamento financeiro da sua loja, você não vai deixar de acompanhá-los, não é mesmo?

Seja em período de crescimento ou crise da economia, você não deve deixar de conhecer os números do seu negócio para tomar decisões com mais chance de produzirem resultados positivos.

 

Quer saber mais sobre gestão financeira?

Preencha seu e-mail e receba conteúdos exclusivos para fazer a gestão financeira da sua loja: