10 vantagens do Simples Nacional. Descubra!

Com a implantação do Simples Nacional, muitas empresas conseguiram facilitar o pagamento de tributos e organizar melhor seu setor financeiro.

Feito para micro e pequenas empresas, o regime de tributação unifica arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos em um só lugar, sem contas mirabolantes e às vezes incompreensíveis para quem não é contador.

Ótimo para quem tem uma folha de pagamento maior, fatura menos de R$ 3,6 milhões por ano e está iniciando uma nova atividade, o Simples Nacional é uma opção inteligente para economizar nos impostos — é um nível acima do MEI.

Neste post, confira as vantagens de aderir ao Simples Nacional!

 

1. Aderir ao Simples Nacional não é obrigatório

O sistema fiscal é perfeito para micro e pequenas empresas, mas pode causar prejuízos para empresas de médio porte, onde há outras opções mais satisfatórias, como o Lucro Presumido — isso porque há uma adequação de valores ao tipo e quantidade de serviços da empresa.

Mas para quem tem o perfil adequado, a unificação pode diminuir os valores totais de impostos.

 

2. É simplificado

Em um só sistema, é possível incluir 8 tributos em uma única forma de cálculo e pagamento. Para isso, basta acessar a tabela do Simples Nacional, verificar em qual faixa de receita seu negócio se enquadra e fazer o cálculo.

Abrange os seguintes impostos:

  • IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica);
  • CSLL (Contribuição Social de Lucro Líquido);
  • Pis/Pasep (Programa de Integração Social e Programa de Formação de Patrimônio do Servidor Público);
  • Cofins (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social);
  • IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados);
  • ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços);
  • ISS (Imposto Sobre Serviço);
  • CPP (Contribuição para Seguridade Social).

 

3. Tem vantagens em Licitações Públicas

Empresas que aderiram ao Simples Nacional têm preferência em licitações nacionais, estaduais ou municipais. Também serve como critério de desempate.

 

Tudo sobre MEI

 

4. Conta com regras especiais

Empresas que utilizam o Simples Nacional possuem regras especiais para protesto de títulos por meio da redução de taxas, o que reflete positivamente na economia do negócio.

 

5. Tem tributação econômica

A unificação de impostos pode representar até 40% de economia para as empresas de acordo com suas condições — principalmente se forem ligadas à indústria, ao comércio varejista e à prestação de serviços.

 

6. Economiza tempo

Com as facilidades para manter em dia o pagamento de tributos, a empresa ganha tempo para se dedicar a outras questões importantes do seu negócio.

 

7. É saída para a crise

A partir de 2016, várias empresas brasileiras optaram pelo Simples como forma de driblar os altos impostos e não ter tanto prejuízo com a crise financeira nacional.

 

8. Desburocratiza o empreendedorismo

Para aderir ao Simples Nacional, não é necessário cadastro estadual nem municipal.

 

9. Reduz custos trabalhistas

Quem pertence ao Simples Nacional não paga INSS Patronal, o que reduz os custos na folha de pagamento de cada funcionário.

 

10. Tem relevância para microempreendedor

A redução de imposto vinda de sua unificação pode ser a forma de microempresas sobreviverem — isso porque, com a redução de custos, os sócios podem investir em outros fatores como estoque e funcionários.

Gostou de saber um pouco mais sobre as vantagens do Simples Nacional? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de outros conteúdos como este!

 

Quer saber mais sobre gestão de lojas?

Preencha seu e-mail e receba conteúdos exclusivo sobre gestão de lojas: