Loja de roupas: 3 passos para precificar os seus produtos

3 passos para precificar os seus produtos da sua loja de roupas

Um dos grandes desafios (e também uma das maiores dúvidas) de qualquer lojista é precificar os seus produtos. Sabe-se que ter uma estratégia de definição de preços correta pode atrair um cliente potencial para a sua loja, aumentar o número de vendas e, consequentemente, aumentar o seu faturamento.

Quando falamos especificamente sobre lojas de roupas, sabemos que muitas coisas estão envolvidas para que o cliente tome a decisão de comprar com você. Preço, moda, qualidade, design e inovação são alguns dos fatores que o cliente considera no momento da compra. 

Muitas vezes, por falta de informação ou mesmo por não dar a devida importância ao assunto, a precificação dos produtos é feita de forma empírica. Ou seja, é realizada apenas através da observação, de maneira superficial ou sensitiva, sem base racional. O que, principalmente neste último caso, pode impactar na receita do negócio e causar sérios prejuízos financeiros.

Então, como devo precificar os meus produtos para ter mais lucro? Antes de saber como fazer, vamos entender o que é PRECIFICAÇÃO.

 

 

O que é precificação?

De maneira simples, a precificação é a estratégia de atribuir certo valor/preço a um determinado produto ou serviço.

Importante! Nesse sentido se faz necessário reforçar que valor e preço, apesar de serem termos bem parecidos têm conceitos diferentes. O preço leva um lado mais quantitativo do produto, por exemplo podemos considerar os custos/despesas que envolvem a fabricação para determinar o preço.

Já quando falamos de valor, estamos pensando na percepção do cliente, ou seja, o cliente percebeu alguns atributos qualitativos que justificam aquele valor.

De qualquer forma, é importante lembrar que seja qual for o tamanho do seu negócio é necessário pensar em uma estratégia de precificação!

A seguir, você conhecerá alguns tipos de precificação que podem te ajudar a ter mais resultados.

 

 

Tipos de precificação

Precificação baseada na concorrência

Assim como o nome sugere, esta estratégia se baseia nos preços dos concorrentes para precificar os seus produtos. É um método simples utilizado por muitos varejistas.

Uma vez que temos a informação de preços do nosso mercado, seja da região ou na internet, podemos chegar a um preço final.

O perigo aqui está em não considerar os custos e margem de lucro do meu produto.

 

Precificação baseada na demanda

O modelo de precificação por demanda, determina o preço de um produto ou serviço pelo valor percebido pelos clientes. Ou seja, os preços são baseados no quanto, realmente, o cliente deseja pagar.

A imagem que o cliente tem da empresa (confiança, por exemplo) e do produto, como a qualidade,  são determinantes para que ele opte por comprar.

O desafio nesse método é fazer com que o cliente construa esse valor na sua marca.

 

Precificação baseada nos custos

O método mais tradicional para precificar os produtos é a precificação baseada nos custos. Normalmente o setor varejista usa esse modelo justamente por ser o mais conhecido e difundido.

De maneira simples, a ideia é calcular todos os custos envolvidos na fabricação, execução, transporte do seu produto e a partir daí adicionar a margem de lucro. 

Obs: Essa estratégia também pode ser conhecida como mark-up (índice aplicado sobre o custo de um produto ou serviço ), termo mais utilizado na área de economia.

 

Qual é estratégia de precificação ideal para lojas de roupas?

É difícil destacar a melhor estratégia, até porque, cada uma delas tem pontos positivos e negativos. O importante é entender quais os tipos que existem e com isso definir qual o modelo ideal para o seu negócio.

Abaixo, cito 3 passos de cada uma delas. Desta forma, você pode definir a melhor opção de acordo com o seu negócio.

 

Precificação baseada em Custos

  • Passo 1 – Levante todos os custos do seu produto

Considere tudo o que está envolvido para que ele se transforme em um produto acabado. Se você fabrica, insira todos os custos de fabricação, se apenas revende, considere os valores de transporte, embalagens, etc.

  • Passo 2 – Considere as despesas

Despesa é o que não está envolvido diretamente com o produto, como por exemplo o aluguel da sua loja. Por isso, coloque todas as despesas no papel para fazer o próximo cálculo do lucro.

  • Passo 3 – Defina o percentual de lucro sobre a venda

Já sabe quais são os custos e despesas que estão envolvidos no seu produto? Legal, então agora é hora de definir um percentual de lucro e colocar os seus itens a venda.

 

Precificação baseada na demanda

  • Passo 1 – Selecione o público-alvo

Optou pela estratégia de demanda? OK, como primeiro passo você deve analisar e então selecionar o seu público-alvo. Essa parte é de vital importância, uma vez que o perfil do seu cliente precisa estar bem definido para que você consiga atraí-lo para a sua loja.

  • Passo 2 – Faça uma pesquisa com os clientes

Uma vez selecionado o público, é hora de fazer uma pesquisa. Pode ser presencial ou utilizando um formulário na internet, essa ação é importante para entender quais são os pontos que ele percebe de valor na sua marca e no seu produto.

  • Passo 3 – Coloque os dados em uma planilha para saber qual preço será praticado

Com os dados da pesquisa em mão, é hora de planilhar tudo isso e analisar cada resposta. Afinal, o que o público está vendo de valor na sua marca e nos seus produtos?

 

Precificação baseada na concorrência

  • Passo 1 – Levante quais são os concorrentes e faça uma pesquisa de preços

Faça um levantamento dos seus concorrentes na sua região, pesquise quais são os produtos, qualidade, diferencial, forma de pagamento e, é claro, o preço.

  • Passo 2 – Com os dados em mãos faça uma comparação entre as opções disponíveis

Coloque tudo em uma planilha e faça uma análise. Cruze as informações levantadas para entender os preços praticados.

  • Passo 3 – Defina qual será o seu preço

Já tem muita informação do mercado da sua região? Então agora é hora de definir o preço dos seus produtos, se o preço irá ser maior ou menor que o concorrente.

 

Ok, defini minha estratégia, e agora?

Agora é hora de colocar seu plano em ação!

No nosso blog contamos com diversos conteúdos sobre formação de preços, gestão de lojas e vendas. Aproveite para aumentar o seu conhecimento sobre o setor e melhorar o seu negócio!

 

TESTE GRÁTIS: Sistema para Gestão de Lojas

Conheça o Hiper, um sistema para gestão, vendas e controle de estoque que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite um teste grátis.

Sistema para gestão de lojas