4 Dicas de gestão para quem vai abrir uma segunda loja

Abrir uma segunda loja é um grande marco no crescimento do seu negócio. Significa que você já possui um bom modelo de negócio bem sucedido e a expansão é necessária. Seja para atender um novo local ou pela demanda que cresceu.

Acredito que na trajetória com a sua primeira loja, você já tenha adquirido experiência com a administração de empresas e a liderança de pessoas. Para esse próximo passo, é preciso analisar, planejar e estar ciente que o desafio só aumenta. E isso pode trazer resultados incríveis!

Ao longo deste texto, vou apresentar algumas dicas que podem ajudar você neste segundo empreendimento. Vamos lá? 

1. Analise a situação da sua primeira loja

Uma segunda loja só deve ser criada quando a primeira apresenta bons resultados. Tanto na satisfação dos clientes, quanto na lucratividade. Caso contrário, você só conseguirá dobrar seu trabalho e diminuir seu lucro — e você não quer isso, certo?

É importante acompanhar os indicadores de desempenho do seu negócio atual. Pois, desta forma, você conseguirá ter uma visão mais realista da situação da sua empresa. 

Alguns dados importantes de mensuração, são:

  • Nível de satisfação dos clientes: como anda o seu relacionamento com o público da sua loja, quais os feedbacks que você recebe, se ele volta para uma segunda compra.
  • Ticket médio das vendas: qual a quantidade de itens que um consumidor compra em média e os seus valores. 
  • Retorno obtido dos investimentos feitos: você já conseguiu pagar todos os investimentos realizados na sua loja? 
  • Nível de contentamento dos funcionários: a sua equipe está em um clima legal? Quanto tempo um funcionário seu fica no cargo? Há chances de ele crescer?

Além desses dados, muitos outros podem ser averiguados. Nesta hora, se cercar de dados é a garantia de sucesso na gestão atual e na futura.

2. Planeje, nos detalhes, o que será feito

A situação da sua primeira loja está de acordo com as suas expectativas? Se sim, então esteja na hora de começar a planejar a segunda. Nesta etapa, planejamento é essencial e vai garantir que você não tenha nenhum contratempo pelo caminho.

Pode parecer monótono e até perda de tempo, mas é exatamente o tempo investido no planejamento que diferencia a sua empresa da concorrência. Você sabia que cerca de 60% dos negócios fecham antes de cinco anos de atuação? E o principal motivo você já deve imaginar, é planejamento.

Leve para o papel todas as possibilidades, até as que parecem menos relevantes. Levante questões como: há uma real demanda de mercado? Qual é o melhor lugar para estabelecer o negócio? Em quanto tempo terei o retorno desejado? Que tipo de software usar para controlar o estoque e as vendas?

Fique atento também para: burocracias na prefeitura, aluguel ou construção de espaço, contratação de profissionais para reforma, compra de mobiliário e equipamento, seleção e treinamento da equipe, entre outros pontos. Nada é pequeno demais que não possa entrar no seu planejamento. Esquecer algum desses pontos pode ser crucial para que a implantação da nova loja ocorra de forma fácil e sem imprevistos.

 

3. Seja realista sobre o seu orçamento

Você já sabe que todo novo negócio demanda um investimento financeiro, especialmente nos primeiros meses. E é importante garantir que você consiga suprir alguns imprevistos e evite o cenário em que a segunda loja, além de gastar o orçamento disponível, começa a consumir os lucros da matriz.

Por este motivo, é importante que sejamos realistas quando falamos de dinheiro. Se a sua segunda loja está consumindo os lucros da primeira é sinal de que algo está errado e você pode acabar sem nenhuma delas. 

Ou seja, voltamos ao tópico anterior, e ressaltamos a importância de um bom planejamento, inclusive, financeiro. Anote absolutamente todas as despesas que você terá, direta e/ou indireta. Cruze isso com seu orçamento disponível e lembre-se de separar um capital de giro para, no mínimo, quatro meses de atividade.

 

4. Construa uma equipe de sucesso

Se você chegou até aqui e decidiu que está tudo certo, você tem condições – financeiras e estruturas – para abrir uma segunda loja, então já pode iniciar o seu projeto. Mas lembre-se: ninguém faz tudo sozinho, é preciso ter uma boa equipe.

Defina, com antecedência, os principais cargos que serão ocupados e inicie a seleção. Certifique-se que você terá os melhores profissionais para trabalhar ao seu lado. Com o time certo, nenhum resultado é impossível.

Preparado para o novo desafio? Continue acompanhando o nosso blog para mais dicas sobre gestão!

 

TESTE GRÁTIS: Sistema para Gestão de Lojas

Conheça o Hiper, um sistema para gestão, vendas e controle de estoque que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite um teste grátis.

Sistema para gestão de lojas