Venda consignada: entenda as vantagens e desvantagens

venda consignada

Estabelecer um sistema de vendas eficiente é sempre um grande desafio. É necessário avaliar as vantagens e desvantagens de cada modelo para definir qual se encaixa melhor no seu negócio. Um desses modelos é a venda consignada, que pode ser uma saída interessante para aumentar o faturamento da sua empresa. Mas é importante definir bem os moldes dessa negociação antes de aplicar esse modelo à sua empresa.

A venda consignada é um arranjo comercial em que um vendedor envia produtos a um comprador ou revendedor, que paga ao vendedor somente quando os bens são vendidos. O vendedor continua a ser o proprietário das mercadorias até que elas sejam pagas na sua totalidade.

Tipicamente, o vendedor recebe uma porcentagem da receita da venda. A venda consignada por ser feita com uma variedade imensa de produtos, tais como obras de arte, roupas, acessórios e livros.

Neste post, entenda as vantagens e desvantagens da venda consignada.

 

Como funciona?

Para vender produtos consignados, o vendedor deve procurar no mercado fornecedores que trabalham com esse tipo de arranjo comercial. Ao acertar o compromisso de revenda das mercadorias, o vendedor passará a entregar seus produtos ao revendedor em datas combinadas.

Posteriormente, em um período agendado, o vendedor retornará ao estabelecimento para a prestação de contas, ou seja, receber as mercadorias que sobraram e o pagamento daquilo que foi vendido. Geralmente esse prazo é de um mês.

 

Por que adotar a venda consignada?

Um sistema de venda consignada é representado por dois lados: quem coloca os seus produtos para serem vendidos e quem os recebe e fará as vendas. Para ambos os casos, a venda em consignação gera vantagens e pode ser uma excelente oportunidade de faturar mais por meio de uma relação saudável de negócios.

A venda consignada é uma ótima opção para uma empresa que não tem uma loja física, embora arranjos de venda consignada também possam existir em uma marketplace. Até certo ponto, mercados on-line como o eBay são lojas de venda consignada: por uma porcentagem no preço dos produtos, a marketplace oferece a uma empresa um mercado para exibir e vender seus produtos. Além disso, a venda consignada tem outras vantagens.

 

Alcança um mercado mais amplo

Vendedores que não têm tempo nem dinheiro para elaborar uma estratégia de marketing, conduzir uma pesquisa de preços e suportar outras tarefas associadas com a venda de um item, muitas vezes acham que a venda consignada é um preço pequeno a pagar para colocar seus produtos no mercado — particularmente se são bem-sucedidos na negociação de uma taxa mais baixa.

Uma marca que vende produtos em consignação consegue espalhar os seus produtos pelo mercado, aumentando o alcance da marca para um número maior de clientes em potencial. Além de ter mais visibilidade para os seus produtos, conseguem aumentar as suas vendas.

 

Melhora o fluxo do caixa

A venda consignada representa, definitivamente, uma grande vantagem para o lojista. Como vendedor, um lojista não tem de gastar nada até que o item seja vendido para o usuário final. Em outras palavras, o destinatário não tem que pagar nada ao fornecedor até que a mercadoria seja vendida, o que gera uma melhoria no fluxo de caixa do revendedor.

 

 

Facilita o acesso dos clientes a novos produtos

Não importa o quão bom seja um produto, existem alguns itens que precisam ser testados pelos clientes para que possam ser vendidos. Ou seja, mercadorias que os clientes precisam tocar, provar ou testar antes de comprar.

A venda em consignação torna muito mais fácil para o vendedor convencer o revendedor a permitir que os clientes testem os seus produtos. O risco para o negócio é minimizado e o vendedor fornece a exposição necessária para seus produtos, beneficiando ambos os lados.

 

Permite um estoque sempre abastecido

Já o lojista que recebe os produtos em consignação passa a ter menos trabalho com a manutenção de estoque, além de reduzir os custos com a compra de mercadorias.

Diante desse cenário, uma loja pode ter uma variedade maior de produtos à venda sem que tenha que fazer grandes investimentos financeiros na compra de mercadorias e manutenção de estoque.

Outro benefício: a venda em consignação geralmente não tem tempos de atraso entre a venda dos produtos e novas encomendas. É do interesse do fornecedor e do varejista manter a loja sempre abastecida, de modo que o estoque é normalmente substituído assim que é vendido. O tempo de latência entre os bens vendidos e os novos produtos que chegam representa uma venda perdida.

 

 

Permite testar novos produtos ou canais de vendas

A venda em consignação permite que vendedores e revendedores testem o sucesso de um novo produto ou de um novo canal de vendas sem correr o risco de grandes perdas financeiras.

Os revendedores podem introduzir um novo item no seu mix de mercadorias ou experimentar esse produto em um novo canal de vendas antes de investir pesadamente nele. E o que é melhor: permite que ambos trabalharem com produtos que realmente vendem antes de investir capital neles.

 

E as desvantagens?

Uma desvantagem comum tanto para o fornecedor quanto para o vendedor diz respeito às dificuldades na contabilidade, no manuseio e no rastreamento de itens de consignação. Como muitos sistemas de gerenciamento de estoque e contabilidade não são projetados para contabilizar o estoque em consignação, há o perigo da venda consignada elevar os custos de mão de obra e gerar dupla manipulação.

 

Produtos parados em estoque

Normalmente o fornecedor envia grandes quantidades de estoque para o vendedor para economizar recursos. Portanto, o fornecedor está comprometendo uma grande quantidade de dinheiro em uma grande quantidade de estoque novo e não testado — que pode ou não vender.

Esse é o maior problema para os empresários: se o estoque consignado não for vendido, perde-se muito dinheiro. Além disso, como o revendedor não assume nenhum risco monetário, ele pode não promover os produtos consignados de forma adequada.

A venda consignada também exige que o empresário acredite que o varejista tenha integridade, porque existe a possibilidade de um revendedor relatar a quantidade de bens vendidos de maneira errada, danificar os produtos em estoque ou de atrasar nos pagamentos devidos pela venda desses produtos.

E então, conseguiu entender as vantagens e desvantagens da venda consignada? Compartilhe este post nas redes sociais e ajude outras pessoas a entender mais sobre o assunto!

 

Teste o Hiper grátis!

Conheça um sistema para gestão e vendas que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite um teste grátis.

Experimente grátis