Black Friday: 5 dicas para preparar sua loja para vender muito!

Chegou a hora de preparar sua loja para a Black Friday 2020. Veja 5 dicas imperdíveis para criar estratégias para sua loja vender muito!

Black-Friday-2020

A Black Friday vem se tornando cada dia mais relevante para o varejo, tanto digital quanto físico. Com um excelente desempenho em 2019, a Black Friday 2020 vinha com previsões extremamente positivas. Contudo com as mudanças no cenário atual os lojistas se veem desafiados a aprimorar as estratégias certeiras que vinham sendo adotadas nos anos anteriores.

Conforme aponta os dados do MCC-ENET, entre fevereiro e maio de 2020 o comércio eletrônico teve um crescimento de 71% em relação ao ano passado. Por isso, estar presente no varejo digital e ter ações multicanal nunca foi tão importante. 

Para aumentar as chances de sucesso na data, é preciso planejar com antecedência. Principalmente se é a primeira vez que o seu negócio fará uma ação de vendas

Para te ajudar, separamos 7 dicas para que você possa preparar sua loja para vender muito na Black Friday 2020. Vem com a gente!

1 – Qual será o objetivo?

Antes de tudo, o primeiro passo para começar o planejamento de Black Friday para a sua loja é pensar: qual é o objetivo da minha empresa com a data? Podem existir diversas motivações, como por exemplo destravar estoque parado a muito tempo, reforçar o branding da sua empresa ou ainda, ter o melhor desempenho do ano em vendas e fazer novos clientes.

Definir um objetivo, fará com que você tenha mais clareza dos próximos passos do planejamento. É importante que caso você já tenha feito alguma ação em Black Fridays anteriores, que você faça um balanço dos resultados e se os objetivos foram atendidos, isso irá te ajudar a traçar o melhor caminho a cada ano.

Caso essa seja sua primeira vez estruturando uma ação de vendas par a data.  Você poderá seguir com o mapeamento das principais frentes de atuação: definindo o mix de produtos, verificando prazos e valores com seus fornecedores, treinando e alinhando toda a estratégia de vendas com o seus funcionários e divulgando com força total a ação para os seus clientes.

 

 

2 – Selecione o mix e defina os descontos

Muito além de uma ação de preços baixos, a ação deve trazer lucros para sua empresa. Ou seja, de nada adianta criar ações impactantes com preços baixos nos produtos sem antes saber exatamente os custos.

Ao selecionar seu mix de produtos para a Black Friday, pense estrategicamente, quais produtos que você conseguirá ter um bom faturamento, e quais produtos que você quer destravar do seu estoque. E claro, tenha produtos e descontos que chamam atenção dos seus clientes.

Mas fique atento, jamais aumente seus preços pouco tempo antes da Black Friday para depois baixá-los novamente. Fazendo parecer que os descontos são maiores do que realmente são. Em hipótese alguma faça isso. Há alguns anos muitos lojistas acabaram optando por esse tipo de ação durante a Black Friday, que acabou popularmente apelidada de “Black Fraude”, depois disso os clientes estão cada dia mais atentos e sempre comparando preços.

Confiança Black Friday

Conforme dados do Google Survey, além dos preços baixos, os clientes optam por fazer suas compra de Black Friday com marcas que transmitem confiança, possuem uma boa reputação e investem e um ótimo atendimento.

3- Defina o estoque de produtos 

É indispensável que os itens da promoção, possuam um estoque alto. Afinal nada é mais frustrante para o cliente do que chegar em uma loja em busca de um produto específico, que chamou a atenção dele, e não encontrá-lo por falta de estoque. 

Portanto, faça uma análise prévia do estoque de todos os itens selecionados para sua ação de Black Friday, e até mesmo aqueles que possuem uma boa saída durante todo o ano. Para garantir que não ficará sem estoque, negocie uma quantidade maior com seu fornecedor.

Além disso, é interessante observar quais os itens que mais tiveram saídas na última edição da Black Friday e, se ainda fizer sentido, garanta também um bom estoque dessas peças. 

Essa data também é uma ótima oportunidade para vender aqueles produtos que estão parados já faz um tempo. Aproveite as promoções para movimentar o seu estoque. Utilize esses produtos com a maior porcentagem de desconto possível, eles irão ajudar a dar mais força para a sua promoção e também atrair o interesse dos clientes.

4 – Planeje a duração da campanha e comece a divulgar

Se você quer potencializar os resultados da sua Black Friday em 2020, uma alternativa é prolongar a promoção. Desta forma, a Black Friday pode se transformar em uma Black Week e durar toda a semana ou continuar os descontos durante o final de semana. 

Conforme apontam dados internos do Google de 2019, 76% dos consumidores que compram durante a Black Friday já estão habituados e entendem que a Black Friday se estende além de quinta e sexta-feira. 

Duração Black Friday

Com a popularização da data no Brasil, muitos clientes estão em busca de ofertas antes do dia oficial. Aposte na comunicação de forma que os visitantes entendam que haverá descontos ainda melhores na sexta-feira e deixe algumas ofertas especiais para o dia.

Depois de definir o período da sua ação, comece a divulgar. Essa é a hora de espalhar para todos os clientes e potenciais clientes, que sua loja terá uma ação de Black Friday imperdível! 

Aqui vai uma dica de ouro, não divulgue todos os produtos que estarão em promoção antes da data, divulgue principalmente o percentual de desconto e a data e instigue a curiosidade do cliente, pergunte quais produtos os clientes têm interesse, interaja nas redes sociais, esse é o momento de movimentar seu público.

5 – Defina uma meta de faturamento

Chegou a hora de definir a meta com a receita total esperada para a ação de Black Friday. Sem ela você não terá um objetivo tangível a ser alcançado e não saberá se todo o esforço envolvido foi efetivo.

Uma boa prática a ser adotada é dividir a meta em alguns períodos, dependendo da duração da sua campanha. Você pode adotar metas variáveis, com seu pico de expectativa entre quinta e sexta-feira (27 de novembro) que são os dias “oficiais”. 

Depois de definir a meta, alinhe com os seus vendedores todos os pontos, prepare seu atendimento para um alto volume de vendas e motive-os a oferecer uma experiência incrível para cada cliente. O bom atendimento é decisivo na hora de bater a meta de vendas.

BÔNUS: Seja multicanal

Como comentamos anteriormente, a Black Friday 2020 tende a ser ainda mais digitalizada que nos anos anteriores. Pensar de maneira digital e integrada é indispensável para ter sucesso nas vendas.

A Black Friday está cada vez mais multicanal. Em 2018, segundo o Google Survey, 4 em cada 10 consumidores retiraram os produtos comprados online, na loja física. Explore todos os pontos de abertura, se você possui uma loja física, e também uma loja virtual, use os dois canais de maneira conjunta. 

Busque a maneiras práticas para que o cliente opte por comprar na sua loja pois, além dos descontos, você oferece praticidade e conforto. Caso ele opte por comprar o produto online e retirar na loja, pense na experiência que ele terá quando for à loja, como será recebido.

Esperamos que com essas dicas você possa estruturar uma ação de Black Friday incrível para a sua loja. E que consiga atingir suas metas de vendas. Para conferir conteúdos como esse, acesse o nosso blog!

 

Quer saber mais sobre vendas online?

Preencha seu e-mail e receba conteúdos exclusivos sobre varejo digital: