Visual Merchandising: 11 dicas para montar uma vitrine incrível

montar vitrine

Numa época em que o consumidor tem diversas opções de escolha e pode comprar no conforto de casa com um clique no mouse, conhecer estratégias de visual merchandising se tornou indispensável para montar uma vitrine, atrair clientes e vender mais.

A essência do visual merchandising é expor os produtos de maneira atrativa para estimular a venda. A vitrine é uma excelente oportunidade para causar impacto no consumidor antes mesmo dele entrar na loja. É uma vendedora em potencial!

No entanto, para aproveitar esse recurso, é preciso conhecer as práticas mais eficazes que foram estudadas, testadas e comprovadas por especialistas da área.

Neste post, vamos apresentar 11 dicas para você atrair os olhares dos clientes e de todas as pessoas que passam perto da sua loja. Confira!

 

1 – Conheça seu cliente

Qualquer ação de marketing começa por aqui. Quem são os seus clientes? O seu produto é útil para que tipo de público: crianças, adolescentes, mulheres maduras, homens, idosos?

Além do sexo e da faixa etária, é importante saber um pouco mais, como classe social, escolaridade, poder de compra, entre outros. Quanto mais você souber sobre o seu cliente, mais será capaz de chamar a atenção dele. Sabe por quê?

Cada grupo tem um estilo próprio de ser. A cenografia da vitrine deve criar uma conexão com o seu público, que precisa se identificar com o ambiente, perceber que aquela loja é perfeita para ele.

 

2 – Invista em uma boa iluminação

A iluminação é um dos poderes de sedução da vitrine e um recurso essencial para valorizar o produto. Além da instalação elétrica convencional, você pode abusar da criatividade para criar novos efeitos com truques de luz em movimento, piscante ou giratória.

Para criar um clima romântico na vitrine, é interessante usar meia-luz e refletores para destacar determinado produto. Esse recurso é infalível para atrair olhares!

A exposição pode ficar mais dinâmica com um jogo de luz que simula a sensação de estar em uma festa ou balada. Tudo vai depender do objetivo e do público em questão. A criatividade não tem limites, mas tenha cuidado com os excessos!

Uma alternativa que as empresas estão utilizando para reduzir os custos com energia elétrica é substituir a iluminação tradicional por lâmpadas de led, que são muito mais econômicas.

 

3 – Renove o cenário com frequência

Os produtos e o look dos manequins, no caso da vitrine de moda, devem ser trocados a cada semana, pois a dinâmica de pessoas e clientes que passam em frente à loja é muito grande. É bom renovar na criatividade para mostrar que aquele lugar tem o que oferecer, tem vida e energia. A parte da decoração, se foi muito trabalhosa, pode demorar um tempo maior para ser trocada.

 

 

4 – Defina o objetivo de montar cada nova vitrine

A vitrine não pode ser reorganizada pelo simples fato de ser o momento de renovar o cenário da loja. É preciso listar um objetivo para focar em estratégias assertivas. Defina o motivo de montar cada nova vitrine: apresentar uma nova coleção, fazer uma promoção, criar um tema com data comemorativa, apresentar uma tendência, etc.

 

5 – Aproveite as datas comemorativas

Fique de olho no calendário de datas especiais, como dia dos namorados, dia das mães, dia dos pais, e se antecipe para planejar a exposição dos produtos. É fato que muitas pessoas adoram comprar presente de última hora, mas elas são a minoria.

A sua vitrine tem que sugerir que um dia importante está por vir e que é preciso escolher a melhor opção para presentear a pessoa amada. Além dessas datas especiais, você poderá, ainda, se basear em temas como esporte, estação do ano, eventos, etc.

 

6 – Exponha apenas o que está disponível no estoque

Um erro muito comum é expor um produto que não tem no estoque. O cliente se encanta com a peça na vitrine, entra na loja, solicita aquele modelo para um atendente e é surpreendido ao saber que não existe a numeração dele.

A má gestão de visual merchandising pode causar impactos negativos para a empresa. Monte a sua exposição de acordo com o que a loja tem disponível no estoque. Dessa forma, você estará proporcionando uma boa experiência de compra para o cliente, que ficará satisfeito e feliz.

 

7 – Monte conjuntos por segmentos individuais ou coletivos

Se o seu produto é diversificado para vários tipos de público, você pode variar a forma de apresentação. Um bom exemplo disso é montar o layout para a sessão infantil em uma semana e, na outra, para a sessão masculina. Em seguida, monte um cenário que privilegie todos os tipos, sugerindo o consumo dos produtos para toda a família.

Outra ideia é sugerir vendas paralelas: o look de um biquíni pode acompanhar a viseira, uma bolsa de praia, um par de sandálias, etc. O importante é uma peça combinar com outra.

 

8 – Faça parceria com outros lojistas

Os adereços de decoração podem custar caro. Uma forma de economizar é fazer parceria com outros lojistas e trocar ou fazer empréstimos desses utensílios. As parcerias são excelentes alternativas para driblar a crise financeira. Também é possível alugar esse tipo de material em empresas especializadas em eventos.

 

9 – Foque no estilo do público-alvo

Avalie de que forma seus clientes podem se sentir atraídos e foque nas expectativas deles. Para produtos femininos, é interessante fazer alusão à beleza e à sensualidade. Peças masculinas podem ser expostas dentro de um estilo casual ou sóbrio. Já as infantis precisam de alegria, cor e ação.

 

10 – Evite montar uma vitrine com excesso de informações

É importante não expor muitos produtos a ponto de limitar os espaços vazios na vitrine. A poluição visual causa cansaço no cérebro humano e vai desviar a atenção das pessoas para outras vitrines.

Tome bastante cuidado com exageros! Quando quiser comunicar descontos e promoções, utilize placas e anúncios discretos.

 

11 – Inspire-se com o Pinterest para abusar da criatividade

O Pinterest é uma rede social de compartilhamento de imagens, cenários temáticos, artes, decoração, enfim, é uma fonte inesgotável de sugestões para quem gosta de design criativo.

Ao digitar palavras-chave como “vitrine”, “visual merchandising”, ou outras relacionadas ao tema, você ficará surpreso com as possibilidades que o site vai apresentar!

Sempre que montar uma vitrine, lembre-se que o consumidor não está em busca apenas da compra, mas de um sonho. A sua vitrine é capaz de proporcionar essa experiência para o consumidor. Pense nisso!

 

Teste o Hiper grátis!

Conheça um sistema para gestão e vendas que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite um teste grátis.

Experimente grátis