Confira ótimas dicas de iluminação para a vitrine da sua loja

visual merchandising tem um impacto direto sobre o consumidor. Afinal, por mais que as tecnologias tenham mudado a forma como as pessoas compram, a maioria das tomadas de decisões ainda é feita no ponto de vendas. Logo, quanto mais atrativo ele for, melhor. Sendo assim, um dos aspectos para valorizar o local diz respeito às dicas de iluminação.

As luzes têm muita influência sobre a percepção dos produtos e são importantes instrumentos para valorizar detalhes de uma vitrine. Pensando nisso, neste artigo separamos algumas dicas para que a sua loja tenha uma vitrine de destaque. Confira!

Invista em um bom projeto

O primeiro passo é investir em um bom projeto de iluminação. Ele é necessário, pois será preciso fazer um estudo sobre a identidade da marca e os objetivos do negócio. Por exemplo, se a sua loja precisa de algo mais sofisticado, deverá trabalhar de maneira diferente de um negócio que vende itens mais populares.

O objetivo da iluminação do ambiente é que o consumidor, mesmo de fora do estabelecimento, já se identifique com a marca e se sinta atraído a entrar no local para conhecer melhor as opções ali oferecidas.

Trabalhe com efeitos de iluminação

Assim como existem diferentes tipos de lâmpadas — LED, fluorescentes, refletoras, dicroicas e halógenas —, os efeitos que elas têm sobre a vitrine também são variados. Logo, vale a pena pensar na sua estratégia para poder trabalhar o efeito que, de fato, trará resultados para a sua estratégia.

Por exemplo, quando a luz é dirigida, o efeito produzido por ela é de destacar um objeto ou um plano da loja. Esse tipo de efeito é especialmente utilizado quando a intenção é agregar valor ao item ou até mesmo à loja, pois cria uma atmosfera mais aconchegante.

Já quando ela é difusa, todo o local — no caso a vitrine — fica iluminado. Além de deixar as sombras menos marcadas, esse efeito traz um foco na totalidade. Ou seja, se a sua ideia é contar uma história por meio da vitrine, essa opção de efeito é a melhor.

Misture iluminação e movimento

O movimento associado à iluminação cria um efeito atrativo sobre a visão. Por isso, invista em luzes que piscam ou giram de maneira moderada. É possível também incluir decorações animadas ou até mesmo motorizadas.

A principal ideia dessa estratégia é dar vida e movimento à vitrine. Essa opção é interessante, por exemplo, para as lojas de brinquedos que precisam chamar a atenção dos pais e das crianças.

Preze pela versatilidade como uma das dicas de iluminação para vitrines

Um dos aspectos mais importantes e que deve ser levado em consideração é a versatilidade da iluminação. Ela precisa ser adaptada com facilidade para as mudanças de vitrine que acontecerão.

Por isso, investir em spots e luzes móveis é uma boa opção. Além de mudarem de posição, eles permitem que você crie diferentes efeitos e evitam sombras indesejadas sobre os produtos quando forem feitas mudanças.

A vitrine é uma das principais responsáveis por promover a venda em um ponto físico. Por esse motivo, ela merece uma atenção especial principalmente no que diz respeito à iluminação.

E aí, gostou das nossas dicas de iluminação para vitrines? Agora, que tal compartilhar o nosso artigo nas suas redes sociais? Assim, você ajuda seus amigos a entenderem mais sobre esse assunto!

Confira as principais tendências do Mercado de Varejo neste vídeo produzido pela Hiper:

VEJA TAMBÉM

A previsão de faturamento com vendas realizadas de empresa para…
Os clientes estão entre os principais ativos de qualquer negócio.…
Existe uma confusão comum por parte de alguns vendedores no…
A previsão de faturamento com vendas realizadas de empresa para…
Os clientes estão entre os principais ativos de qualquer negócio.…
Existe uma confusão comum por parte de alguns vendedores no…
Datas comemorativas, como Natal e Ano Novo, são períodos que…