6 erros comuns na montagem de vitrines

Montagem de vitrines

A vitrine é decisiva na hora de impressionar um potencial cliente. Se bem trabalhada, ela pode atrair a atenção e influenciar na decisão de compra. O contrário também é verdadeiro. Uma vitrine mal montada pode causar uma má impressão e arranhar a reputação de uma loja.

Por isso, preparamos esta lista com erros muito comum na montagem de vitrines para que você não os cometa na sua loja. Veja a seguir:

1 – Lugar comum

O consumidor não sai na rua disposto a olhar para todas as vitrines. Quando vai ao shopping, ele é assediado visualmente por milhares de elementos visuais que podem desviar sua atenção. Assim, as lojas que não fazem algo de diferente em suas vitrines correm o risco de não serem percebidas.

O lugar comum pode ser a utilização dos mesmos conceitos em datas comemorativas ou até clichês usados por lojistas que atuam no mesmo ramo. Sabe aquela vitrine com coelhos durante o período de páscoa? Se é impossível fugir dela, o que você está fazendo para que os seus coelhos sejam diferentes dos demais lojistas?

Modelo de Política de Troca

2 – Má iluminação

A iluminação faz toda a diferença na percepção do consumidor desatento. Não harmonizá-la com a decoração utilizada pode apagar o brilho do trabalho. É preciso equilibrar a luz para que ela não chame mais atenção do que o produto ou para que ela não apague o que está exposto.

3 – Desorganização

Uma vitrine com excesso de mercadorias ou com muitas placas de preço é sempre um sinal de que não há acuro e planejamento na sua montagem. E a má organização pode gerar também o mal aproveitamento do espaço. Geralmente, as vitrines desorganizadas são aquelas em que o consumidor não sabe para onde olhar primeiro.

É preciso pensar para onde você quer que o consumidor direcione o olhar e aproveitar para fazer combinações de mercadorias relacionadas. Assim, se a loja vende o terno, pode deixar claro que também tem gravata para compor o traje.

4 – Expor produtos não disponíveis

Este erro costuma deixar vendedores desconfortáveis e o consumidor irritado. Tem coisa pior do que entrar numa loja, pedir para ver um produto e ouvir como resposta “não temos mais, a peça da vitrine é única”?

5 – Falta de ousadia

A falta de ousadia na composição da vitrine tem a ver com o lugar comum, o medo de fazer diferente e pode denotar conservadorismo. Funciona para funerárias (embora hajam funerárias que ousam em suas vitrines), mas não para uma loja moderna, que quer passar uma imagem inovadora aos seus clientes. Vitrines muito tímidas podem dar a impressão de que o cliente não vai se surpreender com nada quando entrar na loja.

6 – Excesso de ousadia

O excesso de ousadia também prejudica. Combinar muitas cores com letreiros luminosos ou exagerar na decoração pode passar uma imagem forçada. É preciso ser ousado, sim, mas com elegância; agradar os olhos do cliente e não mostrar desespero em chamar atenção.

 

Solicite uma demonstração

Conheça um sistema para gestão e vendas que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite uma demonstração grátis.

Experimente grátis