7 dicas para planejar a arquitetura de uma loja

planejar a arquitetura

Quem pretende abrir uma loja sabe que a sua arquitetura deve garantir um ambiente agradável e favorável para a conquista de clientes.

Planejar a arquitetura de uma loja também vai além de simplesmente aplicar as preferências pessoais do empresário. Por isso, é preciso adequar o estabelecimento conforme o perfil do público atendido.

Pensando neste assunto, separamos algumas dicas para que você possa planejar a arquitetura de sua loja de maneira eficiente e atrativa. Acompanhe!

 

1. Planeje os gastos

É fato que todo empresário gostaria de ter na arquitetura de sua loja as melhores opções de recursos do mercado. Porém, antes de sair cotando preços, é necessário conhecer as reais condições financeiras do negócio. Em outras palavras, saber o quanto se pode gastar com a arquitetura da loja é fundamental para planeja-la de maneira eficiente.

 

2. Defina o público-alvo

Antes de iniciar qualquer projeto arquitetônico, é essencial conhecer o público-alvo a quem se destinará o empreendimento. Em outras palavras, se sua loja atende, por exemplo, ao público infantil, torna-se inviável desenvolver uma arquitetura focada para o público adulto ou vice versa.

 

3. Conte com profissionais da área

Contar com o auxílio e a opinião de arquitetos é uma excelente dica para quem deseja planejar e desenvolver a arquitetura de sua loja de maneira eficiente.

Por meio da ajuda de um profissional, é possível desenvolver projetos conforme as tendências do mercado de arquitetura, além de criar ambientes únicos.

 

 

4. Otimize o espaço da loja

Saber otimizar o espaço presente na loja também é fundamental para a criação de um bom ambiente. É preciso saber dividir espaços entre balcões, corredores, vitrines, provadores e até mesmo estoque de produtos.

Para esta fase, o empresário precisa avaliar que os clientes deverão se sentir a vontade e confortáveis no ambiente da loja e, por isso, é importante priorizar os setores onde o público irá trafegar.

 

5. Tenha cuidado especial com vitrines e fachadas

As vitrines e fachadas são recursos fundamentais para que os consumidores possam obter uma primeira impressão da loja e, consequentemente, procurar conhecê-la. Desta forma, recomenda-se focar nestes recursos, desenvolvendo layouts que combinem com a arquitetura, além de mantê-los sempre limpos e atualizados.

 

6. Evite modismos

Além de representar falta de originalidade, tentar copiar a arquitetura de lojas de sucesso tende a ofuscar a marca da empresa. Sendo assim, recomenda-se utilizar as tendências do momento apenas nos detalhes e não no projeto da loja como um todo.

 

7. Dê atenção aos detalhes

Quando o assunto é arquitetura, é possível observar que pequenos detalhes sempre fazem grandes diferenças em um ambiente. Para a arquitetura de uma loja não é diferente. Logo, estar atento a pequenos detalhes, como iluminação adequada para cada ambiente e pintura de acordo com a identidade visual da empresa, é uma tarefa essencial para criar um ambiente agradável aos olhos do público.

Vale destacar que além de projetar e desenvolver a arquitetura ideal, é preciso manter o ambiente, prezando sempre pela limpeza e organização. Além disso, reformas são recomendadas em um intervalo que deve ser definido pelo empresário para que o layout esteja sempre atualizado conforme as tendências.

 

Solicite uma demonstração

Conheça o Hiper, um sistema para gestão, vendas e controle de estoque que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite uma demonstração grátis.

Sistema para gestão de lojas