Fotografia de uma mulher olhando para a câmera com cara de surpresa, segurando uma caneta digital e um tablet. Ao seu lado, uma arara com roupas penduradas.

O que é preciso para abrir uma Loja de Roupas

Quer abrir uma loja de roupas? Neste conteúdo passamos uma base de tudo que você precisa! Pensar seu público, definir o local da loja, investimento, custos e dicas de divulgação. Continue a leitura e bons negócios!

O setor de vestuário é super popular no Brasil, por este motivo, é a porta de entrada para muitos empreendedores que desejam abrir um negócio. Se você se interessa por moda e quer abrir uma loja própria, criamos esse conteúdo para te ajudar a abrir uma loja de roupas.

Sabemos que o segmento de vestuário é composto de inúmeras possibilidades de lojas. Portanto, separamos as dicas que contemplam desde uma loja de roupas para o dia a dia até loja especializadas em públicos e eventos específicos. Vamos lá?

Conheça e defina o público da sua loja

Nossa primeira dica é sobre o que há de mais importante em uma loja: o cliente. Pensar no seu consumidor desde o início do negócio, te ajudará a definir os produtos comercializados, a identidade visual da loja e até mesmo onde você comercializará esses produtos.

Quando nós estamos pensando em abrir um negócio nós já temos em mente o nosso cliente, não é mesmo? Mas deixar registrado esta etapa é importante. Observe todos os detalhes:

  • Quais marcas esse público consome? Veja como elas se comunicam, onde elas vendem, a possibilidade de trabalhar com a revenda
  • Qual o formato de lojas preferidas pelo público? Ele prefere que você atenda em casa ou gosta de fazer compras no shopping ou, ainda, só compra pela internet
  • Por onde esse público se informa? Ele é ativo nas redes sociais? Então já garanta um espaço para a sua empresa nesses locais
  • Qual o estilo de vida desse público? Lojas segmentadas por estilo de vida ou por funcionalidade das peças também são um diferencial

Conhecer o seu público também te ajuda na hora de definir um nome para a sua loja.

Loja física ou digital?

Uma dúvida super frequente é: onde abrir a minha loja? Independente da sua escolha ser por uma loja física ou digital (ou ambas), é preciso atentar-se para as características de cada uma.

Você sabia que em apenas oito meses de 2020, a participação do e-commerce no varejo de moda global passou de 16% para 29%? Por outro lado, segundo dados do Sebrae, a loja física é o principal canal de comercialização de roupas no Brasil. No ano da pesquisa, 74% das vendas eram feitas por balcão.

Para saber mais sobre o assunto, nós preparamos um post completo sobre esse assunto que pode te ajudar: Loja Física ou Virtual – por onde começar a empreender?

Abaixo, iremos abordar dois tópicos que variam de acordo com o formato da sua loja: investimento e custos. Na hora de calcular esses valores, leve em consideração sempre o formato e a localização da sua empresa.

 

Kit Grátis - O que preciso para vender online

 

Investimento inicial para montar uma Loja de Roupas

O investimento para abertura de uma loja de roupas pode variar de acordo com o segmento e tamanho da estrutura necessária. Além de outras variáveis, como ter um próprio espaço ou adquirir/alugar um. Ao calcular o investimento para abertura de uma loja, você deve incluir os valores para adquirir todo o seu estoque e também o capital de giro para os primeiros meses.

Segundo dados do Sebrae, os valores de investimento podem ficar entre R$ 68.000,00 para uma loja de 30m² a R$ 90.000,00 para uma loja de 50m². Esses valores podem variar de acordo com a sua região, adaptações ao seu público e tamanho do seu espaço. Para casos onde o estoque é maior, como em lojas de calçados e bolsas, o Sebrae estima que o investimento gire em torno de R$ 120.000,00 para uma loja de 60m². Exemplo do Sebrae para aplicação dos valores:

Serviço Valor
Abertura da empresa R$ 2.400,00
Aparelho Com. Multifuncional R$ 1.500,00
Decoração R$ 10.000,00
Equipamentos diversos (Araras, Armários, Prateleiras, etc.) R$ 4.000,00
Estoque inicial R$ 40.000,00
Hardware Sistema de Automação R$ 5.500,00
Luminoso e fachada R$ 2.000,00
Marketing inicial R$ 2.000,00
Mesas e cadeiras R$ 1.500,00
Móveis e utensílios de escritório R$ 1.200,00
Reformas e adaptação do imóvel R$ 9.000,00
Sistema de som e imagem R$ 5.000,00
Sistema de ventilação da loja R$ 3.500,00
Software Sistema de Automação R$ 1.500,00

 

Pode interessar você: Quais os documentos necessários para abrir uma loja

 

Capital de Giro

Capital de giro, nada mais é, do que o montante de recursos financeiros que a sua empresa precisa manter para garantir fluidez do caixa. Ou seja, o capital de giro é regulado pelos prazos estipulados pela empresa, entre eles: prazos médios recebidos de fornecedores; prazos médios de estocagem e prazos médios concedidos a clientes. Quanto maior o prazo concedido aos clientes e quanto maior o prazo de estocagem, maior será sua necessidade de ter uma quantia reservada que ajudará em possíveis oscilações de caixa. Esse valor pode ficar entre R$ 5.000 a R$ 30.000,00 ou mais, tudo vai depender do tamanho da sua loja.

 

Custos de uma Loja de Roupas

Agora que você já definiu o seu modelo de loja e o investimento inicial, é hora de pensar nos custos e despesas de abrir um negócio. Ter esses valores bem registrados é essencial para você precificar seus produtos e serviços. O objetivo aqui é fechar o mês sem surpresas. Nós podemos separar os custos em três categorias:

Custos de mercadoria

Custos de mercadoria é o montante utilizado para aquisição do seu estoque. Esse não é um valor fixo, ele pode variar de acordo com o volume de compras e os preços negociados com os fornecedores. A sua loja é composta dos produtos que você comercializa. Ter o registro de compras de estoque é essencial para prever novos gastos e ter um histórico de compras.

Despesas Fixas

Despesas fixas são todas as contas que se mantém independente das vendas da sua loja. Por exemplo: aluguel, condomínio e/ou taxa de administração, IPTU, salários fixos dos colaboradores, encargos sobre salários, contas de energia, água, internet, contabilidade, material de escritório, embalagens, manutenção da loja, despesas bancárias, treinamentos e o pró-labore, que é a remuneração do dono da empresa.

Despesas Variáveis

Essas são as despesas que variam de acordo com as vendas, como impostos e comissão de vendedores. Você também pode elencar outras despesas neste cenário, como as taxas das maquininhas de cartão.

Exemplo de contas

O Sebrae criou um modelo de exemplo para lojas optantes pelo Simples Nacional, os valores são os seguintes:

Custos fixos mensais: Estimativa (R$)
Salários (tomando por base um salário médio de R$ 1.800,00 x 6 empregados + encargos trabalhistas (encargos mensais, incluindo rateios de férias e 13º salário chegam a 40%) 15.120,00
Um auxiliar administrativo 900,00
Comissão sobre vendas totais (gerente e vendedores) 2.500,00
Aluguéis, seguro, taxas (para loja em shopping) 5.500,00
Tarifas de água, luz, telefone, equipamentos 1.500
Prestadores de serviços (Exemplo: Contador) 954,00
Material de escritório, limpeza e suprimentos 1.200,00
Custos não operacionais mensais
Publicidade e propaganda: 2.000,00
Pró-labore do empreendedor 5.000,00
Custo total mensal médio para uma loja de bolas e calçados de pequeno porte 34.674,00

 

Divulgação para Lojas

Você deve ter reparado que nós listamos tanto no investimento como nos custos, valores para divulgação da loja. Isso porque, trabalhar o marketing da sua empresa é essencial para que ela atinja o público pretendido. Para resumir, atente-se aos seguintes pontos:

  • A vitrine é o cartão de visitas da sua loja! Uma vitrine bem iluminada e com mudança constantes, chama a atenção e pode trazer mais clientes para a sua loja
  • Esteja nas redes: assim como você, seus clientes também buscam pelas novidades nas redes sociais
  • Estreite o relacionamento. Utilize as ferramentas de mensagem para tirar dúvidas e ter um canal direto de comunicação com o seu público

Além das redes sociais e do ponto de venda, busque por outros espaços que seu público frequenta. Por exemplo, se você trabalha com roupas para prática de exercícios, cogite a possibilidade de apoiar eventos da área. Se você trabalha com vestidos de festas, participe das feiras de noivas da sua região.

Para concluir, lembre-se da importância de ter um bom plano de negócios. Esse documento ajudará você a ver a viabilidade do seu negócio, pontos de melhorias e as chances de sucesso.

Conte com o nosso blog para mais dicas sobre gestão e vendas!

Experimente grátis!

Conheça um sistema para gestão e vendas que facilitará o dia a dia do seu negócio. Preencha os seus dados no formulário abaixo e solicite um teste grátis.

Ops! A Hiper não atende o segmento selecionado. Mas não se preocupe, o grupo Linx tem soluções para seu segmento de negócio.Clique aqui e confira!
Carta